Simplesmente Granada

Este slideshow necessita de JavaScript.

Chovia, mas toda beleza resistia firme, escandalosa, por onde quer que os olhos passeassem. Mesmo no cinza. Também, a vista a partir da Plaza Nueva chega a ser covardia. Um fiapo de Rio Darro e duas encostas. Debruçadas de um lado, as casinhas brancas do charmoso e histórico bairro Albaicín. Do outro, as pesadas torres da Alhambra.

A descoberta desse que é um dos mais espetaculares e bem conservados monumentos mouros da humanidade, com a chancela da Unesco, começa bem ali na Plaza Nueva, o ponto central de Granada.

Ao avistar as torres, num impulso, os passos seguem os olhos sem piscar. Vão deixando a praça para trás, entre poças d’água, sobem a ladeira, atravessam um parque florido – e molhado. Nem 20 minutos depois, o fôlego parece faltar quando se invade a Alhambra.

O complexo de torres, palácios e jardins, construído pelos reis da dinastia násrida a partir do século 13, é imenso. Todos os caminhos chamam – e a ordem da visita não altera o impacto que ela terá sobre você.

Naquele dia cinza, era natural seguir primeiro a trilha de pedra, repleta de árvores e flores coloridas, que leva ao Generalife. A residência de campo dos reis exibe pomares, hortas e jardins que são qualquer coisa de impressionante. Impressionante até para quem já viajou bastante, como você vai poder notar pelos comentários ao seu redor.

Outras passagens surgem, o instinto segue. Quanto mais se avança, mais as paisagens crescem. E aparecem palácios em detalhes. Arcos, pilares, mosaicos. Pátios e espelhos d’água. Nas paredes, gesso, madeira e trechos do Alcorão soberbamente entalhados.

Guias acompanham a visita pelo principal palácio do complexo, o de Carlos V. Enquanto explicam toda história, você passeia os olhos pelas grandiosas salas e corredores. Com tanto para ver, difícil é não deixar a mente vagar para bem longe dos dados e das frias datas.

À saída, o percurso leva à zona militar chamada Alcazaba, onde estão as pesadas torres à vista da Plaza Nueva e de outros pontos de Granada. Lá de cima, elas revelam uma panorâmica marcante. O amontoado de telhados ocres, a cúpula gigante da catedral gótica, as pedras do Albaicín… Um escândalo, mesmo com o cinza no fundo.

LABIRINTO
O passeio pela Alhambra pode durar um dia inteiro, por isso fique pelo menos dois dias na cidade. Além do complexo monumental, é absolutamente necessário se perder pelas estreitas ladeiras do Albaicín. O bairro tem vielas de pedras grandes e irregulares que chegam a massagear os pés. Tem casas brancas com fachadas desbotadas, igrejinhas e mansões com seus jardins. Tem perfume de jasmim.

É impossível acertar o caminho em meio a esse labirinto. A cada curva, a cada portinha, você vai querer parar, descobrir cuevas construídas por ciganos há séculos, restaurantes e lojas com toque árabe. E música e cheiro e feições que marcam essa cultura.

O único trajeto que não se pode errar é o do mirante San Nicolás, mas isso você só vai entender estando lá. O mirante nada mais é que uma pracinha com um café, só que debruçada na colina na frente da Alhambra.

Sim, a paisagem é linda de qualquer jeito. Mas se você tiver a mesma sorte de acordar no dia seguinte com o sol, volte ao mirante. Você verá um lugar mais cheio. Há quem toque violão, há quem venda artesanato, há quem grude na câmera fotográfica. Com o contraste do céu azul, a Alhambra fica maior. E no fundo surge a serra com picos nevados. Mais cor, mais emoção, uma outra Granada.

Alhambra: agende a visita com antecedência neste site.

Sobre Camila Anauate

De alma inquieta e mente aberta, que me fizeram jornalista, viajante, aventureira, sonhadora sem-fim
Esse post foi publicado em Espanha e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s