O prazer da gula

Este slideshow necessita de JavaScript.

Salões chiquérrimos, maîtres atenciosos, menus recheados de escargôs e trufas negras. É um prazer cometer o pecado da gula em Las Vegas. Prazer concentrado, diga-se de passagem. Afinal, em que outro destino você encontra 14 restaurantes Michelin na mesma avenida? Só em Vegas. Só na Strip.

A revolução culinária começou em 1992, quando o chef austríaco Wolfgang Puck abriu o Spago, no Caesar’s Palace. Uma extravagância para época em que Las Vegas era conhecida pelos grandes bufês self-service e pelas mal-acabadas churrascarias. Felizmente, a moda pegou. Cada hotel que se preze tem hoje, no mínimo, um restaurante estrelado.

A experiência não inclui apenas pratos que mais parecem obra de arte modernista. Também se espera encontrar conforto, decoração harmônica, luz e som ambientes e, principalmente, serviço exclusivo.

Prepare o corpo e a alma para comer e beber como um rei – abaixo, sugestões para fazer o pecado da gula compensar cada garfada.

Joël Robuchon
O restaurante-assinatura do chef francês, no MGM Grand, merece cada uma das três estrelas conquistadas no Guia Michelin. O ambiente aconchegante, a decoração inspirada na França do início do século 20, com extravagantes sofás de veludo roxo e um imenso lustre de cristal, os pratos e o serviço impecável fazem do Joël Robuchon o mais exclusivo de Las Vegas.

Vista seu melhor modelo social para curtir a experiência como se deve. Depois, peça o menu degustação com 16 pratos: vale a pena provar um a um. A gula é uma meta real.

Robuchon ganhou reputação com a geleia de caviar, mas o nhoque com trufa branca é também famoso. O carrinho de pães (brioches, baguetes, pães de nozes, de leite…) e a tábua com 20 tipos de queijos não saem do lado da sua mesa.

Para sobremesa, que tal doce de açaí? Com o café, uma mesa recheada de trufas de chocolate, macarons, algodão-doce…

O chef também tem outro restaurante estrelado no MGM Grand: L’Atelier, mais informal, onde o jantar é servido no balcão.

Inspirado em Vegas: “O Le Burger foi criado especialmente para o L’Atelier e hoje é servido nos L’Ateliers ao redor do mundo”, conta o chef.

Picasso
A herança do pintor Pablo Picasso compete com as “obras de arte” do chef espanhol Julian Serrano. Isso no bom sentido. Porque a coleção de quadros e de cerâmicas que decora o restaurante combina em tudo com o menu inspirado nas cozinhas da Espanha e da França, onde o pintor passou a maior parte de sua vida.

Para começar, croquete de faisão com legítimo presunto serrano. Em seguida, uma sucessão de delícias: ostra escaldada com caviar, guisado de verduras, salada de alcachofra com nozes e especialidades de foie gras.

O Picasso, também conhecido pela adega com 1.500 rótulos, tem duas estrelas Michelin. Fica no Bellagio, com vista para a Torre Eiffel iluminada e de camarote para o show das fontes.

Experiência completa: “Entrar para jantar com emoção e expectativa. E sair satisfeito em dobro”, diz Serrano.

Guy Savoy
O Guy Savoy no Caesar’s Palace é exclusivíssimo. São apenas dez mesas num salão clean e sofisticado, com paredes brancas e janelões de madeira. É preciso fazer reserva com antecedência para poder degustar o prato que fez a fama do chef: sopa de alcachofra com parmesão ralado e trufas negras, servida com brioche de champignon.

“Monsieur Savoy recomenda comer com a mão, comme à la maison”, explica o maître. Melhor ainda se a tal da sopa for acompanhada com o vinho Vosne-Romanèe Gèrard Mugneret safra 2002.

Outra especialidade é o Colors of Caviar: as pérolas negras de esturjão do Mar Cáspio estão entre camadas de feijão verde, com vinagrete branca. A compota de laranja e o sorbet de iogurte refrescam o paladar antes dos chocolates. Duas estrelas Michelin.

Menu Guy Savoy Signature: Seis pratos assinados pelo chef, mais seleção de queijos e sobremesa, custam US$ 258. Harmonização de vinhos à parte.

Sobre Camila Anauate

De alma inquieta e mente aberta, que me fizeram jornalista, viajante, aventureira, sonhadora sem-fim
Esse post foi publicado em Estados Unidos, Uncategorized e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s